mg.abra

Posicionamento da Abrasel

1- A Abrasel não está exigindo reabertura IMEDIATA e sem critérios dos bares, restaurantes e comércio em geral.

2- Exigimos das prefeituras e governos estaduais PLANOS DE REABERTURA nas quais devem constar os indicadores necessários para uma reabertura responsável e PREVISÃO DE DATAS, de acordo com as projeções da Covid-19 de cada cidade ou região.

3- Uma em cada quatro bares e restaurantes já fechou em definitivo. Exigimos dos governos municipais, estaduais e federal as medidas de SOCORRO AOS EMPRESÁRIOS de todo o país e principalmente deste setor que foi um dos setores mais atingidos pela crise do Coronavirus, como a prorrogação da suspensão do contrato de trabalho enquanto permanecermos fechados, acesso facilitado ao crédito, isenção de impostos nas três esferas, subsídio nas contas de energia e água, subsídio ao vale-transporte e uso de mesas e cadeiras nas calçadas sem cobrança de taxas.

4- Exigimos protocolos de reabertura para bares e restaurantes que sejam exequíveis e produzidos com base nas recomendações da OMS e não no "achismo" de especialistas municipais que criam regras subjetivas e inviabilizam completamente as operações. Como exemplo, em BH está sendo exigida a limitação de 1 pessoa a cada 7m² incluindo funcionários dentro de bares e restaurantes, ou seja, uma lanchonete de 28m² com 4 funcionários não poderá receber nenhum cliente. A Abrasel, que desde 2 de março a Abrasel já tinha protocolos para Bares e Restaurantes, se coloca à disposição para contribuir nessa construção.

5- Entendemos que o isolamento social foi criado com o objetivo de achatarmos a curva de contágio e que os governos pudessem se preparar para os momentos críticos criando hospitais de atendimento emergencial e leitos de CTI. Se não estamos preparados após 120 dias de isolamento é porque faltou planejamento e execução e sobrou incompetência.

6- Políticos que não se planejaram para a Covid após 120 dias e continuam apostando SOMENTE no isolamento social não são salvadores de vidas, são INCOMPETENTES.

7- Políticos que culpam a população pelo aumento do contágio, mas permitem ônibus e metrôs lotados e sem ventilação e não fiscalizam as periferias, estão sendo OPORTUNISTAS E COVARDES por não assumirem suas responsabilidades.

8- Defendemos a reabertura RESPONSÁVEL condicionada às condições de saúde e com um grande pacto social pelas boas práticas mundiais - não sair de casa se estiver com sintomas ou se for do grupo de risco, uso de máscaras, higienização das mãos e uso do álcool gel, afastamento de 1m entre pessoas - nas DATAS PREVISTAS pelos governos de acordo os números da Covid , até mesmo porque 95% dos bares restaurantes do país são micro e pequenas empresa onde seus proprietários estão diretamente no atendimento ao cliente e não querem correr o risco de se contaminar.

9- A Hashtag #fiqueemcasa já passou e deve ser substituída pela #fiqueseguro.

Comentários