A Abrasel pelo 6° ano consecutivo em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte, por intermédio da CDL Jovem participa do DIA DA LIBERDADE DE IMPOSTOS – DLI . São 31 restaurantes participantes dentre eles: Churrascaria Porcão, Dona Lucinha, Maria das Tranças, Gilboa, Jangal, Rima dos Sabores dentre outros.
O objetivo desta ação é o de conscientizar a população sobre o peso da carga tributária, informando também que é o próprio consumidor quem acaba pagando estes tributos, na maioria das vezes sem saber, pois estão embutidos nos preços dos produtos.

Consumidores da capital mineira podem aproveitar o Dia da Liberdade de Impostos (DLI), na próxima quinta-feira, 1º de junho, e abastecer o carro ou a moto com o preço da gasolina a R$ 2,116 o litro. O valor corresponde ao desconto de 42% dos tributos diretos incidentes no produto. O posto participante é o Pica Pau (Avenida do Contorno, 10.325, Barro Preto) e a ação é limitada aos primeiros 115 automóveis e 95 motocicletas, mediante ordem na fila e sequência de senhas distribuídas. Só será aceito pagamento em dinheiro e o abastecimento terá início às 9 horas.

A venda de combustível sem imposto é só um dos exemplos de produtos e serviços que serão comercializados com os descontos referentes aos impostos.  A Brinkel, loja de brinquedos localizada no bairro Padre Eustáquio, disponibilizará 60 produtos para venda sem os tributos. O proprietário Altair Rezende considera a ação um manifesto importante contra a alta carga tributária. “Participar do Dia da Liberdade de Impostos é uma forma de mostrar para o consumidor que aquele produto muitas vezes  considerado caro, tem um grande percentual de impostos embutidos em seu custo final”, afirma.

A Ótica Centro Visão irá participar com toda a linha de óculos solares, óculos para correção e lentes oftálmicas em suas 19 lojas na capital mineira. O proprietário Davidson Cardoso acredita que o DLI é o momento de toda a população se conscientizar sobre o quanto de impostos pagamos no dia a dia. “Além dos tributos que já pagamos no Imposto de Renda, no IPTU e IPVA, por exemplo, todos os produtos que compramos diariamente também têm imposto. E o maior problema é não ver o retorno dessa arrecadação em melhorias na educação, saúde e segurança”, salienta.

Para Bruno Falci, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), o peso dos impostos absorve e limita o orçamento do cidadão e emperra os negócios do pequeno, médio e grande empresário. “Por isso, temos que lutar em conjunto por um sistema tributário mais simples e menos oneroso, que seja sinônimo de desenvolvimento”, ressalta.

O Dia da Liberdade de Impostos é uma realização da CDL/BH e CDL Jovem e conta com o patrocínio do Minaspetro, além do apoio da Associação Brasileira de Franchising (ABF), Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Associação dos Comerciantes de Materiais de Construção de Minas Gerais (Acomac), Sindicato e Associação Mineira de Indústria e Panificação (Amipão) e Associação Mineira de Supermercados (Amis).